Disciplina “Fundamentos do Marketing Digital” – Pt. 3

O que é Marketing

Fundamentos de Marketing

O Iceberg de Marketing: As pessoas, em geral, têm para si uma noção distorcida do que é marketing. A maioria delas pensa nele como Propaganda, Vendas e Comunicação. É claro que tudo isso faz parte do conceito, mas essa é somente a parte visível às pessoas comuns. Daí a analogia com um iceberg. Os elementos citados são a parte sobre a superfície do oceano, aquilo que todos veem. Mas o que está abaixo dela, que é a maior parte do iceberg, não é percebido. No caso do Marketing, sob a superfície estão fatores como Estratégia, Mercado, Produto, Segmentação, Serviço, Pesquisa, Planejamento, Comportamento do Consumidor, Preço, Posicionamento, Logística/Distribuição, Qualidade, Diferenciação, Relacionamento, Entrega de Valor, Relacionamento, Fidelização, Satisfação, entre outros.

Cabe ao profissional da área entender o consumidor e gerar valor (que é diferente de preço) para a marca.

O que é Marketing?

Para aquele que é conhecido como o grande compilador do Marketing, o professor Philip Kotler, “marketing é a atividade humana dirigida para a satisfação das necessidades e desejos, através dos processos de troca”. Vale ressaltar que necessidades são fome, sede, sono e outras carências de ordem fisiológica, psicológica ou espiritual. O marketing atua principalmente no que se refere aos desejos, estimulando o consumidor. Saciá-los cabe às marcas, e é ai que entra o profissional do marketing.

Em uma maneira resumida, podemos dizer que o marketing é uma estratégia de mercado com fundamentação na satisfação do cliente,  não de imediato, mas a longo prazo, gerando lucro para a empresa através de trocas, seja ela de produtos ou serviços. A função dele é fazer aumentar o ROI (retorno sobre investimento) de maneira inteligente e planejada.

Na era atual, o cliente é cada vez mais politizado e ativo (é escutado por muito mais gente através das Mídias Sociais), ambos influenciados pelo poder cedido pela Internet (empowerment). Nesse contexto, consumidor (ou grupos de consumidores) e marcas são cada vez mais parceiros no desenvolvimento do produto.

A evolução do Marketing

Gestão do produto (Marketing 1.0: vender produtos) -> Gestão de clientes -> (Marketing 2.0: satisfazer e reter clientes) -> Gestão da marca (Marketing 3.0: era em que o valor da marca é o primordial, nas experiências e emoções do consumidor e com objetivo de fazer do mundo o lugar melhor).

Encontramo-nos, então, na terceira etapa, onde o valor para o cliente, as sensações prazerosas e a confiança na marca são o que realmente importa. E, segundo o professor Fábio, ainda hoje existem muitas outras empresas posicionadas nos paradigmas de Marketing 1.0 e 2.0. Ou seja, o Marketing 3.0 convida o consumidor a participar do desenvolvimento da marca e não apenas oferece um produto esperando que ele o aceite.

O Ambiente de Marketing

Existem dois: o micro e o macro. O microambiente possui variáveis controláveis (RH, Compras, Produto, Distribuição, Preço, Comunicação, etc.) e semi-controláveis (Consumidor, Concorrência, Fornecedores, etc.). O macroambiente engloba variáveis incontroláveis (Economia, Geografia, Demografia, Tecnologia, Política, Jurídico).

Os 4 P’s do Marketing

Os 4 P’s são, talvez, o conceito mais básico do Marketing e que devem ser considerados: produto (qualidade, design, características, variedade, etc.), preço (descontos, condições, prazo, etc.), praça (cobertura, localização, transporte, estoque, etc.) e promoção (propaganda, promoções de venda, relações públicas, etc.). São fatores a se considerar na elaboração da estratégia direcionada para um mercado alvo.

Orientação para mercado

A estrutura interna de uma empresa deve guiar-se pela orientação para o cliente, para os concorrentes e na coordenação interfuncional (setores internos trabalhando em sincronia).

Marketing estratégico

Deve levar-se em consideração a diferenciação (preços, atributos específicos do produto, imagem da marca), posicionamento (criação de valor), segmentação (geográfica, demográfica, comportamental) e o composto de marketing (cliente, custo, comportamento). A estratégia de marketing deve ser inteligente e com foco nos resultados.

O valor da marca para o cliente

Marketing significa gerar valor. As experiências devem levar satisfação ao cliente, tornando a marca um símbolo que agrega identidade e significado, podendo trazer sensações de conforto, status, poder, inveja, comodidade e, principalmente, prazer.  O valor para o cliente é como ele percebe os benefícios de uma compra comparado com o preço que ele paga. Ou seja, nem sempre o preço é o mais importante, apesar de ser uma variável importante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s